Notícias

Uso de protetor solar em volta dos olhos reduz risco de câncer

Proteção solar
Por: Maylaine Nierg

Pesquisadores da Universidade de Liverpool, na Inglaterra, chegaram à conclusão de que um grande número de pessoas utiliza o protetor solar de forma inadequada. A equipe realizou um estudo com 84 voluntários e descobriu que a maioria deles, ao utilizarem o protetor solar ou hidratante de rosto, passavam uma quantidade menor do creme no entorno dos olhos.

Segundo os especialistas envolvidos no estudo, esse fato pode aumentar o risco de câncer pele, uma vez que essa área do rosto é uma das mais frágeis diante da ação dos raios solares. A pesquisa foi publicada recentemente no periódico científico PLOS One.

Entre os estudiosos que participaram da descoberta, está o oftalmologista Austin McCormick, cirurgião Oculoplástico do hospital universitário Aintree. McCormick explica que os cânceres de pálpebras representam 10% dos casos de carcinoma basocelular do Reino Unido, o tipo mais comum de câncer de pele.

O médico explica ainda que os hidratantes com fator de proteção solar (FPS) também ajudam a prevenir, embora não sejam tão eficazes quanto o protetor comum: “alguma proteção solar é melhor que nenhuma”, ressalta o especialista.

Quando se fala em proteção para o entorno dos olhos, é importante pensar que esse cuidado deve ser feito utilizando produtos específicos. De acordo com dermatologistas, o uso de hidratantes ou filtro solar comum na área dos olhos pode causar irritações e alergias.

Protetor solar deve ser utilizado o ano inteiro

Muitas pessoas acreditam que só devem utilizar protetor solar no verão. Mas, segundo especialistas, o produto deve ser utilizado em todas as estações, especialmente para proteger da ação dos raio UVA. Pesquisas recentes alertaram para os perigos desses raios, que durante muitos anos foram considerados inofensivos por nem sempre estarem associados ao forte calor.

Os raios UVA tem alto potencial de penetração na pele, e por isso são os principais responsáveis pelo envelhecimento das células epidérmicas. Mesmo em horários do dia onde o sol é mais fraco (antes das 10h e depois das 17h) eles continuam a incidir.

Fontes:

https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/viva-voce/noticia/2019/04/12/deixar-de-passar-filtro-solar-ao-redor-dos-olhos-pode-aumentar-risco-de-cancer-diz-estudo.ghtml

https://saude.abril.com.br/medicina/faca-chuva-ou-faca-sol-use-protetor-solar-2/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *