Você sabia?

Saúde Pública

Somos inclinados, às vezes, a pensar que a expressão “Saúde Pública” refere-se apenas à existência de hospitais públicos. Como podemos ver no texto abaixo, do glossário da Organização Mundial de Saúde,  Saúde Pública é muito mais do que isso.

 

SAÚDE PÚBLICA

Saúde Pública é um conceito que se relaciona com todas as medidas organizadas (sejam elas públicas ou privadas) que previnam doenças, promovam a saúde e prolonguem a vida da população como um todo. Suas ações têm como objetivo prover condições nas quais as pessoas podem ser saudáveis, atuando sobre populações e não pacientes individuais ou doenças.  Assim, a Saúde Pública está orientada para o sistema de saúde total e não apenas para a erradicação de doenças específicas.  As três funções principais da Saúde Pública são:

  • Avaliar e monitorar a saúde de comunidades e populações expostas a riscos, com o objetivo de identificar problemas de saúde e estabelecer prioridades.
  • Formular políticas públicas desenhadas para resolver problemas identificados de saúde locais e nacionais e suas prioridades.
  • Assegurar que toda a população tenha acesso a cuidados apropriados e custo-efetivos, incluindo a promoção da saúde e prevenção de doenças.

Os profissionais de Saúde Pública monitoram e diagnosticam as vulnerabilidades de saúde de populações e promovem práticas e comportamentos saudáveis de forma a assegurar que estas se mantenham saudáveis. Uma das formas de ilustrar a abrangência da Saúde Pública é a de observarmos algumas das suas notáveis ações já empreendidas:

  • Vacinação e controle de doenças infecciosas.
  • Segurança no trânsito.
  • Segurança no trabalho.
  • Alimentação saudável e segura.
  • Acesso à água potável segura.
  • Mães e bebês mais saudáveis (pré-natal) e acesso ao planejamento familiar.
  • Redução da mortalidade por doenças coronarianas e acidentes vasculares cerebrais.
  • Reconhecimento de que o uso do tabaco é um fator de risco para a saúde.

O termo Saúde Pública Global reconhece que, em função da globalização, os fatores que afetam a Saúde Pública podem e de fato vêm de fora dos limites geográficos dos Estados e que a resposta às questões de saúde pública atualmente requer atenção aos riscos através das fronteiras, incluindo o acesso a produtos perigosos e mudanças ambientais.

Fonte: Organização Mundial de Saúde (OMS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *