Dr. Newton Richa

Programa Saúde do Futuro

Por Dr. Newton Richa

Saúde para a Mulher

image

Giselle Felix
Fisioterapeuta

  Nos últimos anos, tem aumentado a incidência de doenças cardíacas entre as mulheres. Segundo dados do Ministério da Saúde, elas são a principal causa de mortalidade feminina no Brasil. Os fatores de risco são os mesmos: Hipertensão, Colesterol elevado, Diabetes, Álcool, Tabagismo, Sedentarismo/obesidade e Estresse. Entretanto, a rotina feminina mudou ligeiramente com o advento da longevidade. Se antes, a mulher abria mão do trabalho em função da criação dos filhos, pode-se observar que ela abre mão novamente para cuidar agora dos pais idosos, ou precisa retomar a jornada dupla como cuidadora dos seus pais, já que o enevelhecimento populacional é evidente, e aposentar-se ficou mais distante devido às mudanças nas leis trabalhistas. Historicamente, a mulher assumiu esse papel, onde agrega tarefas domésticas e familiares além do seu trabalho, apesar de toda modernidade. Como administrar o tempo, cada vez mais escasso, para que seja dedicado o devido autocuidado? As reflexões deste mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher são excelentes para que problemas reais sejam compartilhados, para que respostas surjam, para gerar empatia, e que se pense em soluções, capazes de atender inúmeras condições diferentes. A propósito, sabemos que as boas relações sociais são fatores decisórios para gerar qualidade de vida. Iniciar a participação em um grupo de afinidades pode trazer a resposta que sozinha a mulher não conseguiria alcançar. Trocar experiência com quem já passou pela mesma dificuldade ou até mesmo poder estar no lugar de quem já viveu situação parecida e agora tem condições de ofertar sua contribuição, reduzem a ansiedade e elevam a autoestima respectivamente. Comece por um obejtivo de saúde que deseje melhorar, procure uma rede de apoio e crie uma rotina dentro das suas possibilidades. Mantenha-se firme no seu propósito. Se desanimar com o tempo, converse com outras pessoas do grupo que sejam assíduas, busque dicas e aproveite para cultivar novas amizades. Você irá perceber que a probabilidade de iniciar outro bom hábito é grande. Siga sempre em frente, na direção da sua própria cultura de saúde.

2 comentários em "Saúde para a Mulher"

  1. Priscilla Felix disse:

    Ótima matéria! Parabéns Giselle!

  2. Maria disse:

    Ótima matéria .Me auxiliou muito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *