Notícias

Saúde é principal preocupação dos eleitores brasileiros

Presidente do Observatório da Saúde fala sobre postura que candidatos precisam assumir para mudança desse cenário, caso sejam eleitos.

shutterstock_557053474
Por Maylaine Nierg

Embora não seja o assunto mais abordado pelos candidatos nas Eleições 2018, o problema da saúde brasileira está cada vez mais evidente para a população. De acordo com uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBOPE, a saúde é o assunto mais citado por eleitores em 25 estados brasileiros e no Distrito Federal.

No Rio de Janeiro, a insatisfação com os serviços de saúde pública superou as reclamações referentes à segurança pública. O IBOPE mostrou que 54% das pessoas entrevistadas apontaram como maior preocupação a situação dos hospitais e o atendimento médico. Segurança e educação aparecem como segundo lugar entre as principais reclamações dos cariocas.

Para o médico Marcio Meirelles, presidente do Observatório da Saúde, esse dados podem funcionar como base para que os candidatos nas eleições 2018 entendam a urgência do problema da saúde.

“Os candidatos precisam simplesmente demonstrar de forma inequívoca a convicção de que o Brasil precisa de um sistema de saúde realmente único, isto é,  que inclua em um mesmo sistema todas as instituições públicas e privadas que atuam em saúde. Não se trata de pretender estatizar tudo. Ao contrário, é preciso apoiar as instituições mantidas pelo poder público e, ao mesmo tempo, estabelecer parcerias economicamente viáveis com as do setor privado. Isto já vem acontecendo em relação a procedimentos de alta complexidade, tratamento oncológico e algumas outras áreas, mas precisa ser ampliado”, ressalta Meirelles.                                        .

Embora o financiamento esteja entre as grandes dificuldades do Sistema Único de Saúde, esse não é o único, nem o principal problema apontado por especialistas. Estudiosos do setor defendem que o desajuste na área da saúde brasileira está diretamente ligado a má administração dos recursos. Ou seja, o dinheiro direcionado para o setor vem sendo aplicado de forma inadequada.

Ainda segundo o presidente do Observatório da Saúde, é necessário que haja real interesse em entender e solucionar as dificuldades presentes no SUS. Ele acredita que, se administrado de forma correta, o sistema tem potencial para atender as demandas dos brasileiros e se tornar uma referência.

“Os problemas do SUS não serão resolvidos de uma hora para outra. É um processo longo e que requer das autoridades determinação, persistência e, principalmente, a consciência de que o SUS é a única forma efetiva de se prover saúde de qualidade para  208 milhões de brasileiros”,enfatiza o médico.

Um comentário em "Saúde é principal preocupação dos eleitores brasileiros"

  1. Isis Breves disse:

    Matéria de extrema relevância

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *