Notícias

Saiba como aproveitar o carnaval sem colocar a saúde em perigo

shutterstock_318707438-768×512

Por: Equipe da Redação
redacaoobservatorio@gmail.com   

 

O mês de fevereiro é marcado por muita festa e folia. Nele acontece o evento mais esperado por todos os Brasileiros: o carnaval. Porém, também é comum nessa época do ano a maior exposição a riscos com relação a saúde. Geralmente, esse é um período em que as pessoas passam mais tempo na rua, gastam energia, se expõem ao sol com frequência, costumam manter uma alimentação desregrada e abusam de bebidas alcóolicas. Além disso, existem os riscos relacionados às doenças sexualmente transmissíveis.

Pensando nisso, o Observatório da Saúde reuniu algumas dicas para que diversão e saúde caminhem de mãos dadas no carnaval.

O primeiro passo, segundo especialistas, é as pessoas se manterem hidratadas, ingerindo cerca de 3 litros de água por dia, evitando ressecamento e queimaduras na pele, insolação, mal-estar e tonturas. Vale também beber líquidos nutritivos, como água de coco e sucos naturais, que ajudam a repor vitaminas e minerais no corpo. Entretanto, refrigerantes e bebidas alcoólicas não são recomendados, pois possuem baixo poder de hidratação.

O consumo de bebidas energéticas e comprimidos também não são indicados, porque são ricos em cafeínas – substância que pode causar insônia e atrapalhar o descanso do corpo -, essencialmente se forem tomados juntamente com bebidas alcoólicas, provocando problemas graves como arritmias e palpitações cardíacas, além de piorar os sintomas de queimação no estômago e gastrite.

Junto com uma boa hidratação do corpo, é importante manter uma alimentação saudável: rica em verduras e frutas, que também ajudam a manter os níveis de vitaminas e minerais, e carboidratos, que garantem mais energia para o corpo. Além disso, é essencial fugir das frituras, uma vez que elas diminuem a disposição.

Outro conselho é tomar cuidado com a exposição ao sol, principalmente entre 10h e 16h. Nesse sentido, é fundamental o uso de óculos escuros, para evitar danos à visão, além chapéus e protetor solar, que previnem desidratação, queimaduras na pele e sintomas de ressaca.

Uso de preservativos

A única maneira de evitar uma gravidez indesejada e   prevenir doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, herpes genital e AIDS, é fazendo o uso de preservativos em todas as relações íntimas.

No estado do Rio de Janeiro vão ser distribuídos mais de 7 milhões de preservativos durante esse período, em stands de campanhas que serão montados nos seguintes lugares: Terreirão do Samba, Sambódromo, bairro Boêmio do Rio, zona sul e na região central (em bares e restaurantes da lapa).

Vacinação

Nessa época do ano, há uma grande circulação de pessoas de diferentes regiões, o que torna mais fácil a transmissão de doenças, como: febre amarela, sarampo, tétano, difteria e coqueluche. Desse modo, o Mistério da Saúde propõe os foliões a atualizarem a caderneta de vacinação, para prevenir a contaminação e proliferação dessas epidemias.

Cuidados com a saúde bucal

Você sabia que o beijo pode transmitir doenças como herpes labial, candidíase, mononucleose, cárie e gengivite? As chances de adquiri-los são ainda maiores quando existem feridas na boca, pois a entrada de vírus e bactérias fica mais fácil através da ferida, sendo possível transmitir até o vírus da AIDS.

 

Criar hábitos como lavar as mãos, manter a boca e os dentes sempre limpos, evitar levar as mãos à boca ou aos olhos e, principalmente, não beijar qualquer pessoa, são cuidados diários que ajudam a combater esses microrganismos.

 

Prevenir é o melhor Remédio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *