TV Observatório da Saúde

Programa Observatório da Saúde traz relato de especialista sobre riscos de doenças cardíacas entre os adolescente brasileiros

 

Por: Equipe da Redação
redacao@observatoriodesauderj.com.br

O Programa Observatório da Saúde abordou uma pesquisa que mostra que boa parte dos adolescentes brasileiros têm chance de desenvolverem doenças cardíacas. Esse problema está diretamente ligado a ausência de hábitos saudáveis, como alimentação adequada e a prática de exercícios físicos.

A cardiologista Kátia Vergetti, que coordenou o Estudo de Riscos Cardiovasculares entre Adolescentes (ERICA), explicou detalhes desse estudo e disse que é necessário orientar os adolescentes para prevenir futuras doenças do coração e, consequentemente, fazer com que a população viva mais e melhor.

A pesquisa envolveu 75 mil jovens, com idades entre 12 e 17 anos, e revelou que 30% deles tinham chances de desenvolverem algum tipo de problema cardiovascular.

O cenário revelado é que 25,5% dos adolescentes estão com sobrepeso, e 8,4% se encontram obesos. De todos esses que pesam mais do que deveriam, 9,6% também sofrem de hipertensão.

Um comentário em "Programa Observatório da Saúde traz relato de especialista sobre riscos de doenças cardíacas entre os adolescente brasileiros"

  1. Vale destacar que o projeto Erica é a mais ampla pesquisa já realizada em nosso país sobre o a saúde do adolescente. Por esse trabalho, a Professora Kátia Vergetti Bloch, do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva – IESC/UFRJ, recebeu o Prêmio Faz Diferença – 2016, uma parceria entre a FIRJAN e o jornal O Globo, na categoria Sociedade/Ciência e Saúde. Como relatado nesse artigo, a pesquisa revelou dados surpreendentes. É alarmante constatar-se, por exemplo, que 30% dos jovens avaliados, com idades entre 12 e 17 anos, já possuíam algum risco cardiovascular, como hipertensão e diabetes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *