Notícias

Novos cuidados com a saúde na chegada do verão

No verão, podemos aproveitar ainda mais as belas praias e paisagens brasileiras, mas o aumento da temperatura pode acarretar alguns problemas para a saúde, típicos deste período.

sunscreen
Por: Rafael Laet

A chegada do verão marca uma das épocas mais festivas desta bela cidade carioca, mas é preciso atenção redobrada, pois a estação também é conhecida por um aumento significativo das sensações de calor e umidade que podem acarretar diversos problemas para a saúde.

Sejam nas praias, churrascos, nas piscinas ou outras atividades ao ar livre, é imprescindível tomar medidas para prevenir possíveis problemas como a insolação, queimaduras e até o mal funcionamento do organismo!

Com esse pensamento, o Observatório da Saúde criou uma compilação de medidas que devem ser tomadas para que esta época possa ser aproveitada ao máximo, mas sem descuidar da saúde.

A desidratação

A insolação e a desidratação podem ser consequências do aumento da temperatura, por isso, é importante ingerir muito líquido nesta época. Também é importante dar preferência a alimentos leves e frescos para manter uma alimentação saudável. Um corpo equilibrado tem menos chance de sofrer uma destas consequências.

A umidade extrema

O aumento da umidade também aumenta as chances do surgimento de doenças ginecológicas nas mulheres, causadas por fungos e bactérias. A candidíase e a infecção genital podem provocar verdadeiros desconfortos se a atenção com a higiene não for redobrada nesta época.

Para evitar essas infecções devemos evitar roupas íntimas de tecido sintético, e tentar não ficar muito tempo com o biquíni ou maiô molhado. Quando a roupa de banho molhada fica muito tempo no corpo há um aumento na temperatura e umidade na região vulvovaginal, isto facilita a proliferação de fungos e bactérias na região.

A moderação dos raios UV

Em certa medida, os raios UV fazem até bem para a saúde! Sua absorção ajuda na liberação da vitamina B, substância que aumenta a absorção de cálcio e fósforo no corpo. No entanto, é preciso moderação, pois eles podem causar sérios danos à saúde, como queimaduras, câncer de pele, problemas na visão e até alterações no sistema imunológico!

Medidas para se proteger dos raios UV:

-Evitar frequentar praias nos horários onde os raios estão mais incidentes (entre as 10:00 e as 16:00).

– Utilizar filtro solar adequado para a sua pele, mesmo nos melhores horários para se frequentar a praia.

– Munir-se de assessórios para proteger o corpo da incidência direta dos raios UV. Dentre eles, óculos escuros, chapéus longos, bonés, e roupas leves que cobrem o corpo. Isto é especialmente importante para pessoas que possuem pele e olhos claros.

O Dezembro Laranja

Certamente uma das consequências mais terríveis da exposição extrema ao sol é o câncer de pele, mas esta consequência não é tão temida quanto deveria ser! O câncer de pele responde por 33% de todos os diagnósticos de câncer no Brasil, e quando atinge a derme, pode se dividir em diferentes tipos como o carcinoma basocelular, espinocelular e melanoma. A última sendo a variação mais letal!

A campanha do Dezembro Laranja tem como objetivo conscientizar a população para esse problema e ajudar a prevenir esta doença que muitos desconhecem, mas que quando descoberta no início tem mais de 90% de chances de cura. Por isto, o foco da campanha em 2019 é na observação dos sinais da doença e no tratamento precoce.

Para mais informações seguir ao link: https://www.sbd.org.br/dezembrolaranja

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *