Notícias

Ministro da Saúde enfatiza importância da atividade física na melhora da qualidade de vida

shutterstock_442068829_1498850749
Por Maylaine Nierg

Os benefícios da atividade física para a saúde são inquestionáveis, e acredita-se que grande parte da população está consciente sobre esse assunto. Apesar disso, ainda é grande o número de pessoas que não aderiram a prática de exercícios físicos. De acordo com dados divulgados em 2018, pela Organização Mundial da Saúde, cerca de 47% dos brasileiros são sedentários.

Pensando a importância desse tema, o Ministro da Saúde, Henrique Mandetta divulgou um vídeo, na última quinta-feira (04), ressaltando a importância de manter-se em movimento. Mandetta mencionou duas datas especiais recentes que o motivou a abordar esse assunto. Uma dela é o Dia Mundial da Atividade Física (06 de abril), a outra é o Dia Mundial da Saúde (07 de abril).

“Sabemos que entre os benefícios da atividade física estão a ativação do sistema circulatório, a regularização da pressão arterial, e a melhora da oxigenação. Devemos conscientizar a todos que saúde começa pelo entendimento pessoal, o que envolve também o papel da família e da sociedade para que a gente possa ter qualidade de vida e seguir em frente”, explicou o Ministro.

Porém, para vencer o sedentarismo é necessário muito foco e força de vontade. Por isso, para quem não está acostumado com essas atividades, o ideal é começar com algo mais leve.

Os benefícios da caminhada

Segundo especialistas, uma boa opção para vencer o sedentarismo são as caminhadas diárias, uma vez que essa prática não exige alto condicionamento físico, e nem requer auxílio de equipamentos específicos. Além disso, o hábito de caminhar alivia o estresse e previne inúmeras doenças. 30 min de caminhada diária deixa os ossos mais fortes, controla o peso corporal, melhora a disposição e reduz a ansiedade.

Atividade física e alimentação

A prática de exercícios físicos deve ser sempre aliada de uma alimentação saudável e equilibrada. De acordo com o Guia alimentar para a população brasileira, o ideal é priorizar por alimentos in natura, como arroz, feijão, carnes, ovos, castanhas, frutas, verduras e legumes.

Também é aconselhável dar prioridade ao consumo regular de frutas, legumes e verduras, que, entre outras coisas, previne contra certos tipos de câncer e doenças do coração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *