Notícias

Mais de 80% dos brasileiros não cuidam da saúde bucal como deveriam

shutterstock_667433431
Por Maylaine Nierg
redacaoobservatorio@gmail.com

Pesquisas mostram que grande parte da população da brasileira não cuida da saúde bucal de forma adequada. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de geografia e estatística, 89% das pessoas no país realizam a higienização bucal menos de duas vezes ao dia. Segundo especialistas, o ideal é que esse cuidado aconteça após cada refeição.  Hoje – 25 de agosto – é comemorado no Brasil o Dia Nacional da Saúde Bucal, data criada para destacar o alerta a esse tema.                                                                  

O descuido com a saúde bucal não só causa problemas como cáries e mau hálito como também interfere na saúde do organismo como um todo. Disfunções na boca podem desencadear alterações digestivas, imunológicas e até cardíacas, devido à bactérias que são transferidas pela corrente sanguínea. 

Pesquisas do Instituto Nacional do Coração revelam que 45% das doenças cardíacas no estado de São Paulo estão ligadas a problemas bucais que culminaram na proliferação de bactérias. Entre eles cáries não tratadas, inflamação das gengivas, abscessos, dentes fraturados, entre outros. 

O que é saúde bucal

A Organização Mundial da Saúde define saúde bucal como condição em que a pessoa está livre de desconfortos como dores, alterações na boca e na face. Isso inclui a prevenção à problemas como câncer oral ou garganta, infecções e úlceras bucais e quaisquer outras doenças que possam comprometer a saúde bucal e a qualidade de vida.

Isso inclui também o bem-estar social, uma vez que uma boa saúde bucal contribui para os relacionamentos diários e proporciona mais segurança.

Quais cuidados são necessários

Para fomentar a importância da saúde bucal, o Ministério da Saúde listou em seu portal algumas dicas que envolvem não só o cuidado com dentes, como também alimentação e outros hábitos comportamentais que podem influir na saúde da boca. Confira a lista abaixo:

– Eliminar a placa bacteriana por meio de escovação adequada e do uso do fio dental diariamente;

– Limpeza da língua, utilizando um raspador, a fim de retirar restos de alimentos; 

– Uso racional do açúcar evitando o consumo excessivo de doces; 

– Utilização adequada do flúor, com cremes dentais fluorados; 

– Evitar o uso de dentaduras ou próteses mal ajustadas; 

– Evitar o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas; 

– Ir ao dentista regularmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *