Notícias

Hospital Estadual Carlos Chagas completa 82 anos em evento que resgata história da unidade mais antiga da rede

Foto HECC 2 (3)

Ao completar 82 anos de funcionamento, o Hospital Estadual Carlos Chagas (HECC) promove nesta quinta-feira (4), às 9h30, um mergulho em suas memórias para comemorar a data. Um acervo de utensílios usados em consultórios nas décadas de 40 a 90 vão ilustrar o cenário do hospital. Serão expostos mesas, cadeiras, prontuários de internação, seringa de vidro, aspirador cirúrgico, entre outros itens. No projeto, chamado “Memórias e Emoções”, serão exibidos vídeos com depoimentos de pacientes que foram curados de doenças ao passar pela unidade. O diretor geral do hospital, Paulo Reis, fará a abertura oficial do evento.

Inaugurado em 26 de junho de 1937, o Hospital Carlos Chagas é a unidade mais antiga da rede estadual e o único a fazer cirurgia bariátrica por videolaparoscopia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Localizado em Marechal Hermes, o HECC é uma unidade de urgência e emergência que atende cerca de cerca de 60 mil pessoas por ano em clínica médica, clínica cirúrgica e pediatria, além da assistência em terapia intensiva adulta.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, a data de aniversário da unidade é significativa. “O hospital Carlos Chagas presta importante atendimento aos moradores da Zona Norte e da Zona Oeste do Estado do Rio de Janeiro com 4,5 mil assistências por mês em várias especialidades, além de ser referência em cirurgias bariátricas com mais de 2.700 procedimentos feitos de forma gratuita na rede estadual de saúde” ressalta.

Almir Coelho de Moraes, de 42 anos, paciente com quadro renal crônico, será um dos personagens do projeto “Memórias e Emoções”. Ele deu entrada na unidade em novembro de 2018, foi atendido, tratado e teve alta em janeiro deste ano. Haverá também o relato do filho da Margarida Senna de Matos, de 87 anos, que se recuperou de acidente vascular cerebral, em maio.  Em cartas, que ficarão expostas no hospital, funcionários também destacarão momentos que marcaram suas vidas no hospital.

Para o diretor do HECC, Paulo Reis, o evento traça um pouco da trajetória do hospital e relembra a história da unidade. “Vamos fazer uma exposição reconstituindo peças usadas em consultórios da época, como mobiliários, instrumentos e o livro da obstetrícia da década de 40, o mais antigo do acervo, que registrou o nascimento da paciente Euveninda Carvalho Ferreira em 1º de setembro de 1944. É um passeio por nossa história” explica Paulo Reis.

O HECC é um hospital de urgência e emergência com funcionamento 24 horas, tendo perfil clínico-cirúrgico/pediátrico com 188 leitos, sendo 20 de CTI. A unidade presta atendimento em clínica médica, cirurgia geral, pediatria, bucomaxilo, cirurgia bariátrica, programa Mais Sorriso, que presta atendimento odontológico especializado a crianças, jovens e adultos com deficiências, como paralisia cerebral, autismo, síndrome de down, entre outras.

Unidade é referência em cirurgias bariátricas na rede pública

Criado há 8 anos, o Programa de Cirurgia Bariátrica do Estado do Rio funciona no Hospital Estadual Carlos Chagas e já operou 2.780 pessoas em todo o Estado do Rio. O objetivo é, ao final deste ano, chegar a 3 mil cirurgias.

Lançado em dezembro de 2010, em um cenário onde eram realizadas pelo SUS cerca de 20 cirurgias por ano, em média, o programa é, hoje, a mais importante unidade pública brasileira a realizar o procedimento por meio de videolaparoscopia, uma cirurgia minimamente invasiva e que traz menos riscos. São realizadas cerca de 40 operações de redução de estômago por mês na unidade. O Hospital Carlos Chagas é a única unidade do estado a realizar este tipo de procedimento pelo SUS.

 Fonte: Ascom/ SES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *