Notícias

Especialistas debatem crise na saúde e nos hospitais federais do Rio de Janeiro

WhatsApp Image 2017-11-29 at 11.17.38

Por: Equipe da Redação
redacaoobservatorio@gmail.com

A crise na saúde e nos hospitais federais do Rio de Janeiro, foi tema de debate no Sindicato dos Administradores do estado do Rio de Janeiro. O encontro, que ocorreu em 23 de novembro, reuniu médicos e representantes do poder público a fim de discutir e propor soluções para atual cenário da saúde pública no Rio. Entre os assuntos debatidos, estiveram a municipalização dos leitos de hospitais federais, os problemas estruturais no sistema de regulação e a escassez de verba para investimento na saúde.

A mesa de debate foi composta pelo diretor do Hospital Federal do Fundão, José Leôncio Feitosa, o deputado federal Chico D`Angêlo e o diretor da Faculdade de Medicina da UFRJ, Roberto Medronho. O debate foi mediado pelo deputado estadual e professor da UFF Waldeck Carneiro.

O Observatório da Saúde também marcou presença no encontro, representado pelo diretor sênior Luiz Roberto Londres e pelo membro do Conselho Ângelo de Souza.

“O Observatório tem um pensamento social e humanístico. Por isso, é fundamental para nós estarmos alinhados a essas discussões. É preciso resgatar a qualidade da assistência na saúde pública. Acreditamos que a saúde privada tem que ser uma opção e não uma necessidade. Houve uma época que os melhores hospitais eram os públicos, porque esse cenário mudou?”, ressalta Londres.

Roberto Medronho elogiou Dr. Londres por, apesar de ter passado anos à frente de uma das maiores clínicas privadas do Brasil, nunca ter se omitido na luta por uma saúde pública de qualidade.

Para Dr. Ângelo de Souza A crise não é só dos hospitais federais, mas da saúde pública como um todo.

“É difícil ouvir falar em corte de custos quando percebemos que já não há mais o que cortar. A medicina custa caro, mas com planejamento adequado e gestão eficiente é possível equilibrar a situação não só dos hospitais federais, mas de toda rede pública de saúde”, explica o médico.

Um comentário em "Especialistas debatem crise na saúde e nos hospitais federais do Rio de Janeiro"

  1. Giselle Felix disse:

    Excelente participação! Por uma saúde pública de qualidade! Parabéns pela presença marcante dos doutores na luta pela saúde pública de qualidade no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *