Notícias

27 de novembro – Dia Nacional de Combate ao Câncer

22727-a-alimentacao-deve-ser-um-dos-primeiros-article_gallery-2
Por: Equipe da Redação
redacaoobservatorio@gmail.com

O câncer faz vítimas em todo o mundo, sem distinção de cor, gênero ou classe social. O objetivo da data é, justamente, conscientizar toda a população sobre a importância da adoção de medidas que facilitem o diagnóstico precoce, como exames de rotina, e de métodos e hábitos que auxiliem na prevenção. Ela foi instituída através da Portaria GM nº 707, do Ministério da Saúde, em dezembro de 1988 e, todos os anos, diversas campanhas reforçam as informações sobre a doença.

As causas do câncer podem ser atribuídas a diversos fatores, como genéticos e distúrbios no organismo, além dos externos, como os relacionados aos hábitos e comportamentos, chamados de fatores de risco, como fumar, consumir bebidas alcoólicas e se alimentar de forma inadequada. Nesses casos, mudanças no estilo de vida podem auxiliar quando o assunto é prevenção.

Outro ponto importante, que sempre deve ser reforçado é o do diagnóstico precoce. Identificar a doença logo em seus estágios iniciais pode facilitar o tratamento, aumentar as chances de cura e reduzir os índices de óbito. Para isso, exames de rotina são essenciais. Para homens, por exemplo, o exame de sangue (PSA) e o toque retal devem ser feitos periodicamente, a partir dos 40 anos. Já as mulheres devem realizar o autoexame de mama diariamente e buscar um especialista caso note alguma anormalidade. Além disso, é importante não ignorar os sintomas. Diante de qualquer incômodo, massa, nódulo ou alterações na pele, busque ajuda médica.

Pensando na importância de reforçar informações acerca dos meios de prevenção, o Instituto Nacional do Câncer reuniu uma série de medidas que podem ser bastante úteis. São elas:

  • Opte por uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Mantenha o tabaco à distância. O cigarro é responsável por diversos tipos de câncer e suas substâncias podem afetar também quem está ao redor;
  • Álcool aumenta o risco de desenvolvimento da doença. Se possível, não beba;
  • Atividades físicas ajudam (e muito) a prevenir problemas;
  • Mantenha o peso sob controle;
  • Mulheres com idade entre 25 e 54 anos devem visitar um ginecologista e realizar o exame preventivo periodicamente;
  • Evite a exposição excessiva ao sol e use filtro solar;
  • Crianças e adolescentes devem ser vacinados contra o vírus HPV.

Buscar informações que ajudem a entender melhor a doença é fundamental para manter hábitos que auxiliem na prevenção. Informe-se e compartilhe informações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *